A arte etérea de Carlos Araújo

[trx_parallax gap=”no” dir=”up” speed=”0.7″ color=”#ffffff” bg_tint=”light” bg_color=”” bg_image=”https://grudigital.com.br/clientes/editora/wp-content/uploads/2017/12/anunciacao-a-virgem-maria-web.jpg” bg_image_x=”50″ bg_overlay=”0″ bg_texture=”0″ height=””]

A arte etérea de Carlos Araújo

Anunciação à Virgem Maria

[/trx_parallax] [trx_content css=”background-color: #000B25; width:100%; line-height: 1.3em; padding:1px; color: #ffffff; font-size:1.5em;”]
Carlos Alberto de Araújo

Carlos Alberto de Araújo Filho é paulistano. Engenheiro por formação. Por vocação é um premiado pintor autodidata, desenhista e litógrafo. No decorrer da trajetória artística, suas obras, sempre grandiosas, passaram a ocupar concorridos espaços em exposições individuais e coletivas. E estão expostas em galerias de arte pelo mundo afora. Em 1980, o seu painel “Anunciação” foi enviado pelo governo brasileiro ao papa João Paulo II. Em 1984, foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte – APCA. Depois de transformar em arte as misérias humanas, o autor voltou-se à transcendência cristã: ele retratou 900 cenas bíblicas, acompanhadas por citações correspondentes. Um fragmento deste trabalho, que ele denominou “Bíblia-citações”, você admira neste post.

[/trx_content] [trx_parallax gap=”no” dir=”up” speed=”0.2″ color=”#000000″ bg_image=”https://grudigital.com.br/clientes/editora/wp-content/uploads/2017/12/o-senhor-formatando-a-terra.jpg” bg_image_x=”50″ bg_overlay=”0″ bg_texture=”0″ height=”600px”]

Rápidas e vigorosas pinceladas do artista surgem da tela, mas sempre deixam entrever os mais essenciais e inspirados traços sutis de figuras diáfanas e translúcidas que Carlos Araújo deseja expressar. Suas criações, entretanto, permanecem imersas em um sopro de névoa espiritual, etérea e permanente. Esta técnica da qual ele é mestre revela um estilo único, pois vai muito além da superfície pintada.

O Senhor Formatando a Terra

[/trx_parallax] [trx_columns fluid=”no” width=”70%” top=”30px” count=”1″ css=”margin:0 auto; font-size:17px; line-height: 30px;”] [trx_column_item ] [trx_dropcaps style=”1″]S[/trx_dropcaps]obre “Bíblia-citações” assim se manifestou o primeiro bispo diocesano de Campo Limpo, em São Paulo, dom Emílio Pignoli: “A primazia da cor sobre o desenho submerge o leitor em um Mistério que pode ser participado, mas nunca completamente revelado … Resulta particularmente eloquente que os poucos traços essenciais se centram sempre em rostos, mãos e pés, como espelho onde o homem encontra, na contemplação do próprio rosto e da própria história, os sinais Daquele à cuja imagem foi criado”.
O autor justifica as suas procuras ao afirmar que “os versículos das Escrituras foram se apresentando aleatoriamente à medida que me aproximava lentamente, e cada vez mais, da Palavra, começando assim a pressentir, dentro desses nossos pequenos limites, a suavidade e a plenitude do Verbo. Os trabalhos pictóricos em ‘Bíblia-citações’ tentam, através da imagem, ajudar o meu próximo, como a mim o fizeram, na compreensão da Mensagem … e nos convidam a refletir sobre um mundo divino que não vemos, porém, inexoravelmente, como eco, reverberará em todos os nossos atos na Terra”.
[/trx_column_item] [/trx_columns] [trx_columns fluid=”no” count=”1″ css=”background-color: #000B25; color: #ffffff;” top=”20px” ] [trx_column_item css=””] [/trx_column_item] [/trx_columns] [trx_columns fluid=”no” width=”70%” top=”30px” count=”1″ css=”margin:0 auto;” ] [trx_column_item ][trx_infobox style=”info” closeable=”yes”]Publicado na Revista Mundo e Missão de novembro 2017[/trx_infobox][/trx_column_item] [/trx_columns]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *