Os bispos do Mianmar lançam um apelo para a paz e o fim das violências

(credit: Agência Fides)

Os Bispos da Conferência Episcopal Católica de Mianmar, num texto enviado em 14 de março, lançaram um apelo sincero ao fim de todas as violências no país.


LEIA TAMBÉM: MIANMAR: UMA FREIRA CATÓLICA REZA NA RUA PARA DEFENDER OS JOVENS MANIFESTANTES


O texto foi enviado a todas as dioceses da nação e aos líderes políticos, religiosos e da sociedade civil, e torna pública uma mensagem da Santa Sé para que se encontre no país um caminho de paz.

Fortalecidos pelo mandato e encorajamento da Santa Sé, nós, Igrejas católicas, nos comprometemos, juntamente com todas as pessoas de boa vontade, à tarefa de ver esta nação ressurgir na compreensão mútua e na paz.

Bispos da Conferência Episcopal Católica de Mianmar

O apelo dos bispos do Mianmar: “Busque a paz, parem de matar”

“Como líder da Igreja Católica de Mianmar, desejamos paz a todos. Exortamos todas as partes em Mianmar a buscar a paz. Nas últimas semanas, enfrentamos grandes desafios como nação. Esta crise não será resolvida com derramamento de sangue. Busquem a paz“, recita o texto assinado pelo Cardeal Charlea Maung Bo, Arcebispo de Yangon.


ESCUTA O PODCAST DA EDITORA: MIANMAR, BATE PAPO COM O PADRE ESTEVÃO


“As matanças devem parar imediatamente. Existem tantas mortes. Sangue derramado não é sangue de inimigos. É o sangue de nossas irmãs e irmãos, de nossos cidadãos. Somos uma nação que embalou um sonho. Nossos jovens viveram na esperança. Não vamos nos tornar uma nação de decepções sem sentido”.

Parem de matar. Parem a violência. Deixe o caminho das atrocidades. Que todos os inocentes sejam libertados. Eles são nosso povo”, acrescentou o Presidente da Conferência Episcopal Católica de Mianmar.

(Fonte: Agência Fides)


seu apoio vale muito, assine a revista Mundo e Missão


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *