Rajeswar, o primeiro diácono no PIME de Orissa, Índia

ordenação-dicaonal-PIME

Rajeswar Nayak, um seminarista indiano que se prepara para o sacerdócio no seminário internacional do instituto em Monza. Ele é o primeiro diácono no PIME de Orissa, Índia

Padre Rajeswar – que é o primeiro diácono do PIME de Orissa, um Estado com um dos cenários mais graves de perseguições contra os cristãos na Índia nos últimos anos – foi ordenado na noite de sábado, 30 de outubro, na igreja subterrânea do seminário de Bérgamo, juntamente com 5 diáconos da diocese. O rito foi presidido pelo bispo de Bérgamo, Mons. Francesco Beschi.

“Com ele, nos recordas a abertura ao mundo”.

Mons. Francesco Beschi

Rajeswar tem 31 anos e é natural da diocese de Berhampur. Ele deveria ter sido ordenado em 25 de setembro em Milão, junto com os seminaristas diocesanos e seus outros quatro companheiros do seminário de Monza.

A pandemia, no entanto, bloqueou-o na Índia e ele não pôde retornar a tempo para a ordenação na catedral. Assim, o Seminário de Monza pediu ao bispo de Bérgamo que o ordenasse junto com seus candidatos.
“As boas-vindas – diz o reitor, padre Luigi Bonalumi – foram verdadeiramente admiráveis; estiveram atentos para nos fazer sentir bem-vindos, em particular o reitor padre Gustavo Bergamelli e o próprio bispo ”.

No final da ordenação, o bispo agradeceu ao PIME por ter estado presente com um candidato, sublinhando a importância da abertura missionária da diocese.


LEIA TAMBÉM: O QUE NÃO POSSO MANTER EM SEGREDO


Por Redação Mondo e Missione, tradução e adaptação redação Mundo e Missão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *