Experiências para Amar

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Conheça Varnisley Ferreira da Silva, de 34 anos, que decidiu fazer uma missão no México, no município de Ayutla de Los Libres, através do JUMP, um projeto de animação missionária do PIME.

varnisley-ferreira-web

Desde criança eu era sensível às causas missionárias ad gentes (além-fronteiras). Quando me apresentaram o projeto JUMP, percebi que era a oportunidade de realizar um sonho de infância.

O JUMP proporcionou dois anos de preparação para a tão sonhada missão. Os primeiros encontros foram de formação teológica e intelectual sobre a missão. Os encontros finais foram de preparação prática para a viagem.

Desde o momento em que foi dada a destinação, o México, começou um caso de amor: primeiro com o país, depois com a região e com a realidade do local da missão. No entanto, não havia muitas informações sobre a programação para nós, durante o tempo de permanência. O que, depois, acabou se revelando uma grande graça, pois vivenciei a rotina dos missionários que lá vivem.

Cheguei na cidade do México e logo de cara me impressionaram as cores e os aromas daquela cidade imensa e maravilhosa. Nos primeiros dias pude conhecer dois aspectos daquele país: história e fé. Conheci as pirâmides de Teotihuacan e, no dia seguinte, a basílica de Nossa Senhora de Guadalupe.  Visitei também a comunidade de Ecatepec de Morelos, uma comunidade paupérrima de povos indígenas que sobrevivem às margens da ferrovia.

Depois, segui varnisley-ferreira-web1para uma realidade totalmente diferente. Deixei a grande Cidade do México e cheguei na cidade de Ayutla de Los libres. Lá fiquei hospedado em La Concordia, uma pequena vila incrustada nas montanhas do estado de Guerreiro. Há uma paróquia com mais ou menos 32 capelas. E a cada dia uma capela era visitada, na medida do possível.

A primeira dificuldade, além da língua, foi a alimentação. Muito rica e saborosa, mas totalmente diferente da brasileira.  As bases da alimentação são milho, pimenta e aves (frango e peru).

Em menos de uma semana já me virava com o precário espanhol, pois o povo mexicano é acolhedor.  O encontro com os mexicanos foi uma feliz e contínua surpresa. A cada dia as novas experiências nos impulsionavam ao amor recíproco.

Uma experiência especial

Tive a graça de participar de um encontro de três dias e duas noites para a formação dos catequistas. Não havia nenhum recurso. Os catequistas chegaram depois de quatro ou cinco horas de caminhada. Dormimos em esteiras de palha. O banho era precário e as acomodações eram na própria capela. Porém, todos participaram com tamanha alegria e empenho que fiquei fascinado.

Digo que aquele indivíduo que saiu do Brasil rumo ao México, nunca voltou. Tamanho impacto da experiência e da profundidade do meu encontro com Deus naquele lugar.

Publicado no Jornal Missão Jovem de maio 2017
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Joaquim Távora, 686
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP